Notícias

04/10/2018 - Fonte: Cbic

Vistorias para entrega e recebimento de obras estão sendo normalizadas na Norma de Perícias de Engenharia (ABNT NBR 13752)

Cada vez mais frequentes, as vistorias para entrega e recebimento de obras serão tratadas na ABNT NBR 13.752 – Perícias de Engenharia na Construção Civil, que está passando por revisão (Comissão de Estudo: CE-002:134.003). A decisão de incluí-las na ABNT NBR 13752 tomou como base a nova definição de perícia que constará na futura versão dessa norma, segundo a qual perícia é a atividade técnica desenvolvida para, isolada ou cumulativamente, averiguar e esclarecer fatos, verificar o estado de um bem, apurar as causas que motivaram determinado evento, identificar suas consequências, recomendar soluções, ou ainda avaliar bens, custos, frutos ou direitos.

São diversas as possibilidades de realização de vistorias para entrega e recebimento de obras, todas de grande interesse para as construtoras, como, por exemplo:
• As demandadas por incorporadoras (ou outros contratantes) no recebimento de obras executadas por construtoras por elas contratadas;
• Como inspeção final realizada pelas construtoras, antes de entregarem as obras que executam. Têm o propósito de se anteciparem às vistorias de seus clientes (contratantes ou não), evitando – ou minimizando – a identificação de problemas no recebimento das obras;
• Vistorias contratadas diretamente pelos proprietários de imóveis (individual ou coletivamente) para os assessorarem no recebimento das unidades privativas e das áreas comuns.

Segundo Lydio Bandeira, do Sindicato da Indústria da Construção Civil no Estado do Rio de Janeiro (Sinduscon-Rio) e membro do Grupo de Acompanhamento de Normas Técnicas (Gant) da Comissão de Materiais, Tecnologia, Qualidade e Produtividade (Comat) da CBIC – que esteve presente na penúltima reunião da comissão -, as construtoras precisam se fazer presentes nas reuniões da Comissão de Estudo responsável por essa revisão. “Do contrário, poderemos ter como resultado desse processo uma norma regulando atividade vital para o nosso setor sem que a tenhamos avaliado devidamente ou então, que venha nos demandar um grande esforço durante a sua Consulta Nacional para ajustá-la à forma que julguemos mais apropriada”.




CONTATO

(81) 2127-0600

mvs@sindusconpe.com.br

CNPJ 11.010.725/0001-87